Mais contas são abertas no celular que na agência

Pela primeira vez, o número de contas bancárias abertas digitalmente no Brasil superou a quantidade feita do jeito tradicional, indo em uma agência física.

É o que aponta uma pesquisa feita pela Deloitte para a Febraban, a poderosa federação dos bancos.

A abertura de contas correntes feitas em canais digitais atingiu 10,8 milhões em 2021, um crescimento de 66% em comparação com o ano anterior.

Em relação aos canais físicos, o aumento foi de 1,6% em relação a 2020, chegando a 9,9 milhões de contas abertas.

O fato inédito é profundamente relacionado a digitalização dos serviços bancários, que vem movimentando cada vez mais as transações financeiras.

Em 2021, foram registradas 119,5 bilhões de transações bancárias. Destas, 67,1 bilhões foram feitas pelo mobile banking, que cresceu 28% e representa 56% do total.

Com o número, é possível afirmar que sete em cada dez transações bancárias são realizadas por canais digitais, pois as transações com movimentação financeira por mobile banking tiveram um salto de 75% entre 2020 e 2021.

Já em relação ao internet banking, as transações com movimentação financeira apresentaram um crescimento de 5% no mesmo período.

De acordo com a pesquisa, o aumento do valor está relacionado com a adesão das pessoas pelo Pix. 

No ano passado, mais de 4,5 bilhões de pagamentos instantâneos foram realizados, com uma base de usuários de ​​cerca de 51 milhões, um crescimento de 72%.

Até março deste ano, o número de usuários que realizaram mais de 30 Pix por mês chegou a quase 3,9 milhões, um aumento de 809% em relação ao ano anterior. Já os usuários que receberam mais de 30 Pix por mês aumentou 464%, chegando a 2,8 milhões de pessoas.


Related Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.